Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Anunciados os centros de manutenção dos F-35 na Ásia e Europa

O Departamento de Defesa confirmou os pontos que devem realizar a manutenção, reparo, revisão e modernização (Maintenance, Repair, Overhaul and Upgrade ou MRO&U). Na área de Ásia-Pacífico, as tarefas de MRO&U da célula, ficam a cargo do Japão na área do Pacífico Norte, e, da Austrália, no Pacífico Sul, capacidades a serem demonstradas, a mais tardar em 2018. A Austrália deve poder manter os motores até, no máximo, 2018, enquanto o Japão vai levar de três a cinco anos, a fim de realizar os mesmos trabalhos.

Uma semana atrás, houve um anúncio similar para a área da Europa, sendo decididas tarefas MRO & U celulares na Itália e no Reino Unido a partir de 2018 e no Reino Unido, no caso de uma capacidade adicional ser necessária. A manutenção principal do motor do avião europeu será desenvolvida na Turquia a partir de 2018, enquanto a Noruega e Holanda irão realizar essas tarefas uns dois ou três anos mais tarde. A atribuição destas atividades, tanto para a célula como para os motores, ocorre depois de estudar as capacidades industriais dos países parceiros do programa. Esta divisão de tarefas não impede que surjam as oportunidades de participação para os novos membros do programa F-35 ou os clientes que ingressem no programa, através do Programa de Vendas Militares (FMS) dos Estados Unidos. (JNG)


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.