Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Airbus Defence and Space certifica a CIAC da Colômbia para fazer a manutenção maior dos C295

O C295 com registo FAC 1281 foi apresentado pela CIAC (Corporação da Indústria Aeronáutica da Colômbia) para a Força Aérea da Colômbia nas instalações do Comando Aéreo de Transporte Militar (Catam), localizado no aeroporto El Dorado, em Bogotá. A aeronave passou por um processo de manutenção maior nos hangares da CIAC por parte de pessoal da corporação, sob a supervisão de técnicos da empresa Airbus DS, que treinou e certificou operadores da planta e seus procedimentos.

Mariano Martin Potenciano, administrador do programa de serviços da Airbus DS, foi enfático ao destacar que a Colômbia é um dos países onde estas aeronaves ostentam um dos records operacionais e de serviços maiores e exigentes do mundo. Compartilham os serviços de transporte tático da FAC com os Lockheed Martin C130 Hercules, que também tem certificação para trabalhos de PDM que são realizadas no país pelo mesmo CIAC. No entanto, e dada a partida urgente do serviço do modelo C130 B ainda voando no FAC (o mais antigo Hércules no mundo ainda em serviço ativo e que foram transferidos para o país nos anos sessenta), o C295 têm operado cada vez mais missões, pelo qual ter obtido a certificação para realizar tarefas de manutenção maior, permite ao país economizar em custos que deviam ser pagos a outros países.  Além disso, esta certificação permite que a empresa possa oferecer esses serviços a outros países vizinhos nos quais opere este modelo.

Outro ponto a salientar é que o processo de manutenção foi alcançado em tempo recorde, destacando as qualidades técnicas do pessoal envolto neste importante processo na CIAC.

O C295 é uma aeronave de transporte tático médio que pode transportar até nove toneladas de carga e acomodar até 71 passageiros, com uma velocidade de cruzeiro de 260 nós (480 km./h), pode voar a altitudes de 25.000 pés e oferece um alcance de até 11 horas de voo. A aeronave presta serviços importantes na Força Aérea Colombiana, no âmbito do CATAM, alocados em seus grupos de transportes. Este modelo opera no país desde 2008, quando a primeira unidade foi recebida, e tanto missões militares foram realizadas em apoio de todas as Forças Armadas, tarefas humanitárias e de apoio à população civil. (Carlos Vanegas, correspondente na Colômbia do Grupo Edefa)


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.